Tag: Rodrigo Azevedo

29 ago 2018

Áreas de Silveiro Advogados foram destacadas pelo Chambers & Partners na edição Chambers Latin America 2019

Mais uma vez, as áreas de Silveiro Advogados foram destacadas pelo Chambers & Partners na edição Chambers Latin America 2019. Entre os profissionais nomeados estão os sócios Alberto Brentano, Pedro Chagas, Ricardo Ranzolin e Rodrigo Azevedo.

Confira: https://www.chambersandpartners.com/Latin-America/firm/22405437/silveiro-advogados

29 ago 2018

Lançamento da obra “Temas de Mediação e Arbitragem II”

Ricardo Ranzolin, sócio de Silveiro Advogados, é um dos coordenadores da obra “Temas de Mediação e Arbitragem II”. O lançamento acontece no dia 14 de agosto, em São Paulo, às 19h.

O livro reúne artigos de diversos especialistas. Entre eles, o também sócioRodrigo Azevedo, que assina o capítulo ‘Solução Alternativa de Litígios em Meios Digitais: Êxitos e Desafios Atuais no Âmbito dos Nomes de Domínio’.

25 maio 2018

Silveiro Advogados é indicado como um dos melhores escritórios de advocacia do Brasil pelo Ranking Leaders League 2018

Nessa semana, a Leaders League, agência internacional de mídia e rating para lideres corporativos, divulgou novos resultados de seu Ranking 2018, baseado em pesquisas de mercado, entrevistas e feedback de clientes. Confira abaixo as indicações de Silveiro Advogados:

Brazil Best Law Firms 2018 – Data Protection: EXCELLENT
Sócios mencionados: Rodrigo AzevedoLeonardo Braga Moura e Maurício Brum Esteves.

Brazil Best Law Firms 2018 – Technology: HIGLY RECOMMENDED
Sócios mencionados: Rodrigo Azevedo, Leonardo Braga Moura e Maurício Brum Esteves.

Brazil Best Law Firms 2018 – Media, Sport & Entertainment: RECOMMENDED (band1)
Sócios mencionados: Rodrigo Azevedo, Leonardo Braga Moura e Maurício Brum Esteves.

12 jul 2017

Direito no MIT

O Advogado gaúcho Rodrigo Azevedo, sócio coordenador da Área de Propriedade Intelectual e Direito Digital de Silveiro Advogados, parte para Boston no dia 20 para participar de formação em Gestão de Crises e Continuidade de Negócios no MIT. O tema não pode ser mais atual em tempos de Lava-Jato, de frequentes ciber-incidentes ou de outros escândalos à imagem de empresas brasileiras.

Publicado dia 10/07/217 no Jornal Zero Hora. Disponível em: http://bit.ly/2uatLph

 

29 maio 2017

Silveiro Advogados coordenou debates no maior evento internacional de Propriedade Intelectual,em Barcelona

O sócio coordenador da Área de Propriedade Intelectual e Direito Digital de Silveiro Advogados, Rodrigo Azevedo, esteve em Barcelona, Espanha no dia 20/05, para apresentar painel no 139º Encontro Anual da International Trademark Association (INTA). O evento contou com a presença de cerca de dez mil advogados especializados em marcas, provenientes de todas as regiões do planeta.

Azevedo coordenou as discussões acerca da proteção de marcas na Internet, especialmente nas centenas de novas extensões de nomes de domínio criadas nos últimos anos. Nesse campo, Rodrigo Azevedo foi responsável pela primeira decisão dos Sistema de Solução de Disputas aplicável a domínios “.br” e representou quase a metade das marcas brasileiras autorizadas a operar como extensões de nome de domínio.

Maiores informações: 

http://www.inta.org/2017Annual/Program/Pages/Table-Topics.aspx

07 jul 2016

INTERNET 2016 – OPORTUNIDADE, RISCOS E COMPLIANCE

Edição Porto Alegre

AGENDA

 

9:00 – Welcome coffee

9:30 – Online Brand Protection – A Visão da MarkMonitor

Daniela Mello

MarkMonitor

 

10:00 – Internet 2016 – Oportunidades, Riscos e Compliance

* Novas Extensões de Nomes de Domínio (gTLDs)

* Prevenção e Combate a Fraudes

* Compliance ao Marco Civil após a sua Regulamentação

Rodrigo Azevedo, Leonardo Braga Moura, Maurício Brum Esteves

Silveiro Advogados

 

11:30 – Processos de revisão do programa de novos gTLDs em andamento na ICANN

Convidado especial Daniel Fink

Gerente de Relacionamento Brasil da ICANN

 

Dia 14 de julho de 2016

Local: Silveiro Advogados – Porto Alegre

Rua Dom Pedro II, 1240 – 6o andar

Estacionamento gratuito.

 

VAGAS LIMITADAS

 Para inscrição, clique aqui, ou pelo telefone (51) 3027 8700, ou ainda através do

e-mail eventos@silveiro.com.br

Evento gratuito para empresas, entidades e empreendedores.

13 jun 2016

Aumento de opções de domínio na internet expõe empresas a fraudes

Até pouco tempo atrás, existiam apenas 22 extensões possíveis para domínios de sites. A terminação “.com”, era e ainda é a mais famosa, seguida de “.net” e “.org”. Agora, estão sendo abertas mais de mil novas extensões, nos mais diversos segmentos de mercado, incluindo extensões genéricas (como “.ltda”, “.online”, “.free”, “.international”), termos depreciativos (“.sucks”, “.fail”), indicações geográficas (“.rio”, “.paris”, “.nyc”) ou até mesmo marcas, (“.dell”, “.canon”, “.amazon”).

A multiplicação de possibilidades aumenta as chances de fraude em nomes de domínio. Para o advogado Rodrigo Azevedo, sócio do Silveiro Advogados, a solução passa por conciliar ferramentas jurídicas, como registro de marca e bloqueio junto a provedores de novas extensões, com ferramentas tecnológicas, principalmente de monitoramento de fraudes.

“As novas extensões de nome de domínio podem ser uma boa solução para o quase esgotamento do ‘.com’. Contudo, mais uma vez, sem uma estratégia jurídico-tecnológica adequada, muitas vezes a empresa sequer consegue registrar a tempo a sua marca nos novos contextos. Algumas ferramentas garantem registro prioritário, além de notificação prévia de terceiros que desejem explorar indevidamente a marca. Ou seja: é chegado o momento de jurídico e TI se aproximarem, visando a construção de soluções consistentes e eficazes”,  afirma Azevedo.

O advogado será um dos palestrantes de evento em São Paulo na próxima quinta-feira (16/6) que debaterá a questão dos novos domínios e das fraudes que ocorrem nesse campo. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do evento.

O outro palestrante é advogado Leonardo Braga Moura, também sócio do Silveiro Advogados. Ele ressalta que ações judiciais dificilmente são a melhor alternativa para recuperar um domínio usurpado devido à longa duração de um processo, principalmente no Brasil. Também é comum haver vários países envolvidos com a disputa, o que acarreta a necessidade de adoção de medidas em múltiplas jurisdições.

“Esgotadas as alternativas de resolução pacífica, a adoção de procedimentos administrativos alternativos tem se mostrado, na maior parte dos casos, a solução mais satisfatória. Essas medidas podem ser propostas junto ao Centro de Arbitragem e Mediação da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (Ompi) para domínios com terminações genéricas, ou junto à Associação Brasileira da Propriedade Intelectual (ABPI) ou a Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC), além da própria Ompi, para os domínios “.br”. Tais procedimentos são regidos de acordo com os regramentos da Uniform Domain Name Dispute Resolution Policy (UDRP) e do Sistema Administrativo para Conflitos de Internet (SACI-Adm), respectivamente”, explica Moura.

 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.