2ª Edição

Treinamento Data Protection Officer (DPO)


Iniciativa social de Silveiro Advogados – vencedora do Prêmio Lumen 2020 – oferece programa online sem custos para treinamento de profissionais em busca de colocação no mercado.

Para quem se destina?

Esta é uma ação social, destinada exclusivamente a pessoas com formação superior, que atualmente estejam em busca de colocação no mercado formal de trabalho ou que atuem em organizações sem fins lucrativos, em qualquer estado do Brasil. 
Se você não se enquadra nos requisitos de inscrição desta ação social, mas tem interesse em participar de treinamentos similares, entre em contato através de email para clara.affeld@silveiro.com.br


Informações Básicas

Início

O início previsto do curso é
05 de outubro de 2021 - 18h

Inscrições

Vagas limitadas, por ordem de inscrição

Requisitos

Acesso à Internet via computador ou tablet

Duração

Serão 12 aulas com
duração de até 2h cada

Programa Preliminar*

05/10, 18h - Aula inaugural: Gestão de Crises - Steve Goldman (MIT - Massachusetts Institute of Technology);
06/10, 18h - Introdução à LGPD e incidentes com dados pessoais – Rodrigo Azevedo;
07/10, 18h - Compliance e Proteção de Dados – Ana Paula Ávila;
13/10, 18h - Contratos, Políticas e a Proteção de Dados - Fabiano Menke;
14/10, 18h - Proteção de Dados Nos Tribunais – Leonardo Braga Moura e Igor Rossoni;
19/10, 18h - Proteção de dados e relações de trabalho - Guilherme Guimarães e Larissa Salgado;
20/10, 18h - Bases Legais Para Tratamento de Dados na LGPD – Clara Affeld;
21/10, 18h - LGPD: A Perspectiva das Plataformas - Ricardo Dalmaso (Facebook),
Diego Gualda (Twitter) e Flavia Tendler (SuaMúsica);
26/10, 18h - Arquitetura legal das atividades do DPO – Gilberto Martins Almeida;
27/10, 18h - LGPD e o Direito do Consumidor – Temis Limberger;
28/10, 18h - Debate Entre DPOs – Maurício Brum Esteves (Silveiro Advogados), Sabrina Pezzi (DPO Unimed Porto Alegre), Jeferson Thomas (DPO Sicredi), Maria Vidal (DPO Banrisul), Ramiro Saraiva (DPO Dimed) e Guilherme Stumpf (DPO Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense).

*Datas provisórias, sujeitas a alterações devido ao elevado número de inscritos.

FAQ

Perguntas Frequentes

As aulas ocorrerão nos dias 05, 06, 07, 12,13, 14, 19, 20, 21, 26, 27 e 28 de outubro a partir das 18h, com duração de, no máximo, duas horas. Contudo, poderão ocorrer alterações no programa do curso, as quais serão informadas por e-mail aos participantes selecionados.
Após a disponibilização de cada aula, os materiais poderão ser acessados em horários alternativos, ficando disponíveis até o encerramento do curso. No entanto, é possível que haja restrições ao acesso aos conteúdos de alguns professores após as suas aulas.

Não é necessário ter conhecimentos prévios ou formação em Direito / TI para a realização do curso, nem mesmo este se destina somente a advogados(as). A atuação na área de proteção de dados requer conhecimentos multidisciplinares, incluindo aspectos regulatórios (conhecimentos jurídicos e de compliance) e técnicos (noções de segurança e tecnologia da informação), além de habilidades de gestão de pessoas e de processos. Por essa razão, a referida área a qual esse curso se destina pode interessar pessoas com diferentes backgrounds de conhecimento.

Este é um projeto com caráter social, que visa a auxiliar no combate aos efeitos econômicos da pandemia. As vagas são limitadas. A seleção dos participantes será realizada por ordem de inscrição, com vistas ao máximo atendimento dos objetivos sociais, com ênfase em pessoas em busca de recolocação ou atuantes junto a entidades do terceiro setor.

Não. Neste momento, não há uma certificação oficial reconhecida pela ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados). Além disso, este é um curso de qualificação profissional, não havendo prova de avaliação de conhecimento.

Em caso de dúvidas adicionais, entre em contato por meio do e-mail cursodpo@silveiro.com.br

Atendendo a pedidos, aceitaremos novas inscrições até o final do dia 01/10/2021

Instrutores

azevedo

Rodrigo Azevedo - Coordenador

Sócio coordenador da área de Direito Digital e Propriedade Intelectual – Silveiro Advogados

ana

Ana Paula Ávila

Sócia coordenadora da área de Compliance – Silveiro Advogados

Clara Affeld

Sócia – Silveiro Advogados

Fabiano Menke

Advogado - Menke Advogados;
e membro do CNPD

Leonardo Braga Moura

Sócio – Silveiro Advogados

igor

Igor Rossoni

Sócio - Silveiro Advogados

Guilherme Guimarães 

Sócio coordenador da área de Direito Trabalhista - Silveiro Advogados

Rafael Canterji 

Sócio coordenador da área de Direito Criminal - Silveiro Advogados

Maurício Brum Esteves 

Sócio - Silveiro Advogados

igor

Temis Limberger 

Procuradora de Justiça; e Professora – Unisinos

gualda

Diego Lima Gualda

Diretor Jurídico – Twitter

dalmaso

Ricardo Dalmaso Marques

Head of Privacy – Facebook

gilberto

Prof. Gilberto Martins Almeida

Advogado

steve

Steve Goldman

MIT - Massachusetts Institute of Technology

sabrina

Sabrina Pezzi

DPO Unimed Porto Alegre

jef

Jeferson Thomas

DPO Sicredi

maria

Maria Vidal

DPO Banrisul

Ramiro Saraiva

DPO Dimed

g

Guilherme Stumpf

DPO Grêmio Foot-ball Porto Alegrense


  Ação Social Premiada  

A primeira edição do treinamento Data Protection Officer (DPO)
foi a grande vencedora do Prêmio Lumen, na
categoria Boas Práticas no Enfrentamento da Covid-19.

premio

Impactos Positivos


O Prêmio Lumen, criado em 2018, tem o objetivo de reconhecer as boas práticas de gestão de escritórios de advocacia e suas ações de responsabilidade social, que geram impactos positivos na sociedade. É promovido pelo Cesa (Centro de Estudos das Sociedades de Advogados) e Sinsa (Sindicato das Sociedades de Advogados dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro).

O projeto premiado de Silveiro, que concorria com outros 18 escritórios de advocacia de todo o país, foi o treinamento para Data Protection Officer (DPO), profissional exigido para que as empresas possam se adaptar à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). O curso, oferecido pelo escritório de forma online e sem custos no ano passado, igualmente se destinou exclusivamente a pessoas que estavam em busca de colocação no mercado formal de trabalho, de qualquer estado do Brasil. Em uma semana, foram mais de 950 inscritos e 765 selecionados.



Assista nosso vídeo com os melhores
momentos e informações de destaque

A LGPD

A Lei 13.709/18 (Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD) exige que as empresas instituam a função do Encarregado do Tratamento de Dados Pessoais ou Data Protection Officer - DPO. Suas atribuições incluem disseminar a cultura da proteção de dados na empresa; orientar e treinar colaboradores; interagir com autoridades e com os titulares dos dados; realizar análises de impacto; prevenir e responder a incidentes de vazamento de dados, entre outros. O descumprimento da LGPD pode redundar na aplicação de sanções administrativas ou no dever de indenizar.

Para atuar como DPO, são necessários conhecimentos multidisciplinares, incluindo aspectos regulatórios (conhecimentos jurídicos e de compliance) e técnicos (noções de segurança e tecnologia da informação), além de habilidades de gestão de pessoas e processos. O mercado não tem encontrado profissionais preparados para esta função, especialmente no Brasil, havendo grande déficit de mão de obra qualificada.
 Pesquisa da consultoria PageGroup apontou que o cargo de DPO está entre as 38 profissões com maior demanda de contratação no Brasil. Ou seja, contrastando com o cenário extremamente sensível em que vivemos, com demissões em decorrência dos efeitos da pandemia, vagas para DPO seguem abertas e sem profissionais para atendê-las.

É um contrassenso: existem inúmeras vagas para DPO em empresas pelo Brasil afora, mas os profissionais disponíveis no mercado não têm a qualificação necessária”, afirma Rodrigo Azevedo, sócio coordenador da área de Propriedade Intelectual e Direito Digital e idealizador da iniciativa.
“Idealizamos este projeto como uma contribuição perene para essas pessoas atualmente fragilizadas pelo desemprego. Queremos que se inspirem novamente, que considerem uma nova opção profissional e, quem sabe, auxiliá-las a mais rapidamente se recolocarem no mercado de trabalho”, destaca Azevedo.

Idealização

Silveiro Advogados / Propriedade
Intelectual e Direito Digital

O treinamento é oferecido por Silveiro Advogados, através da sua área de Propriedade Intelectual e Direito Digital, sob a coordenação do sócio Rodrigo Azevedo.
Silveiro Advogados foi pioneira em Direito Digital, com experiência internacional de mais de 20 anos nessa área de prática. A firma é reconhecida por Chambers & Partners, Legal 500 e Leaders League como um dos escritórios líderes no Brasil em Propriedade Intelectual, Direito Digital e, especialmente, Proteção de Dados. Seus profissionais possuem formação internacional incluindo EUA, Itália, Suíça, Espanha, Holanda e Argentina.
Silveiro Advogados liderou mais de 70 grandes projetos de conformidade com a LGPD, em algumas das maiores empresas do Brasil.